Taça Fares Lopes - Caucaia é campeão

Taça Fares Lopes - Caucaia é campeão !!!

 

Festa na região metropolitana de Fortaleza. Depois de ser campeão da série B estadual e ascender a elite do futebol cearense  o Caucaia, chamado carinhosamente pela sua torcida de “Raposa metropolitana”, acaba de  conquistar mais um titulo em 2019, e entra para o seleto grupo dos clubes cearense a disputarem a mais democrática das competições chanceladas pela CBF a Copa do Brasil.

 

Na tarde deste domingo 03, o Caucaia bateu o Atlético Cearense por 2 a 0, no Estádio Raimundão, e garantiu o título da Taça Fares Lopes. Os gols foram anotados por Lincoln, aos 40 minutos da 1ª etapa e por Moré, nos acréscimos do 2º tempo.
Na partida de ida, a Águia de Precabura havia perdido por 2 a 1, no PV. Com o triunfo, a equipe se junta a Ceará, Fortaleza e Barbalha como representantes cearenses na Copa do Brasil 2020.

O troféu veio para fechar o ano da Raposa Metropolitana com uma dobradinha regional, tendo conquistado a Série B do Campeonato Cearense 2019. Com nomes experientes no elenco, o Caucaia terminou a Fares Lopes com o melhor ataque (24 gols) e o artilheiro, o atacante Ciel, ex-Ceará, com oito tentos anotados. Além dele, outro nome conhecido da torcida do Estado faz parte do elenco: o atacante Siloé, que marcou duas vezes na competição e levou o bicampeonato, tendo vencido em 2018 com o Ferroviário.

O JOGO

A partida começou intensa, com a primeira oportunidade logo aos 7 minutos, do Caucaia. O meia Amaral deixou Lincoln na cara do gol, mas chutou por cima da meta do goleiro Carlão. Aos 16 minutos, a Raposa teve um gol anulado, com o atacante Siloé impedido.

 

A melhor chance do Atlético no confronto foi aos 31 minutos, em cobrança de falta de Olavio no ângulo, defendida por Léo.

O gol veio após o Caucaia relaxar. Pela direita, Siloé com um “elástico” espetacular passou pelo  lateral esquerdo Nailton , cruzou para a pequena área, onde o volante Lincoln se infiltrou sem dificuldades como homem surpresa e  escorou a bola, mandando para  o fundo das redes do Atlético.
O time da região metropolitana foi para o intervalo tranquilo, com toda a pressão sobre a equipe rubro-negra, que precisava fazer três gols para ir aos pênaltis.

No 2º tempo, o time de Raimundo Wagner voltou melhor, avançando as linhas e matendo a posse de bola. Porém, não era efetivo quando chegava à área adversária. O Caucaia aproveitou os espaços nas costas do oponente para contra-atacar, mas desperdiçou várias oportunidades de ampliar o marcador.


O técnico da Raposa, Oliveira Canindé, ressaltou a importância da conquista para a cidade. "Caucaia é uma das maiores cidades do Ceará. Precisa ter representatividade no futebol também. Merece esse título", disse o treinador, que encerra seu contrato com o clube neste ano.O gol que sacramentou a vitória veio no último minutos dos acréscimos. Ciel recebeu pela direita e cruzou para Moré cabecear contra Carlão. A taça estava garantida.

 

 

 

Textos e fotos: Ronaldo Déber

Rate this item
(0 votes)
Última modificação em Segunda, 04 Novembro 2019 14:54

Deixe um comentário em nosso mural

Certifique-se de inserir todas as informações necessárias, indicadas por um asterisco (*). Código HTML não é permitido.

Notícias Recentes

CURTA NOSSA PÁGINA

Imagens Notícias

EVERTON CEBOLINHA FAZ DOAÇÃO DE  5  TONELADAS DE ALIMENTOS EM MARACANAÚ.

CBF anuncia medidas de apoio financeiro aos clubes e Federações

Presidente do Fortaleza confirma que clube ainda tenta a contratação de mais um atacante

Ceará altera data de jogo-treino, que acontecerá no Presidente Vargas

Caucaia e Pacajus empatam em 0x0, no Estádio Raimundo Oliveira.

Atlético Cearense vence Mauá na estreia da Copinha